Quem sou eu

Minha foto
Alguém que ama a vida e odeia as injustiças

18 fevereiro, 2008

"Desafio 12 Palavras"

MCorreia de "Repensando" .desafiou-me para escrever algo utilizando doze palavras. Escolhê-las não é tarefa fácil, porque as palavras nascem ,não, sob a pena ou o dedo, mas antes no redondo do espírito como se fosse um mar a entornar-se na areia. Apanhei algumas gotas, uns salpicos e aqui vão.

No jardim molhado das palavras, há uma menina tímida de grandes caracóis. Chamam-lhe Verdade. Nasceu pequena e frágil, mas agarra a vida com as raízes fortes da determinação.

É de cor indefinida, direi entre o rosado da rosa, o amarelo da luz e o azul do céu. Aponta para a terra, murmura com o vento e pisca sempre para o sol. Na cabeça desta menina de caracóis soltos brilha o sonho de um amanhã digno, e na boca gulosa de amor sorri, sorri, sorri sempre como se o mundo nela bebesse o húmus da compreensão.

Por estes dias, a menina-palavra depois de muito cirandar pelo seu jardim tão repleto de pequenos pés verdes, sentou-se num canteiro de amarelinhos-jacintos-ternura que já pespontavam meio trémulos mas ansiosos por espreitarem a liberdade e pensou, assim de ensimesmada: o menino-vento tão forte e corrido, tão soprado de uivado bem podia levá-la num passeio de domingo junto ao azul-branco de algodão lá de cima. Gostava tanto de lá ir. Queria com o dedo fazer um desenho, um trejeito de redondos mais de direitos, de afuniladinhos e esticadinhos, tudo alinhado e bonitinho na palavrinha Amor.

Ah como seria lindo no algodão azul-branco, lá em cima, para todos verem e respirarem!

Tenho que nomear doze, como faz parte do acordo.Pois então.

Casa de Maio

Portcroft

Un-dress

Last Dance

A Boneca de Porcelana

A Menina dos Olhos de Água

Boa noite e um queijo

Ana Luar

Tempo entre os Tempos

CValente.

Urbanidades da Madeira

Desde já um obrigada a todos vós.

28 comentários:

mcorreia disse...

é nisto que esta coisa me encanta (não tenho é tempo) o desafio era escrever 12 palavras; eu decidi fazer um texto a enquadrá-las e daí a cadeia toma outro jeito rss adorei o teu "engano" que deu tão bom texto!

mcorreia disse...

isto tá difcil de deixar um comentário!!! gostei do teu texto: andamos a originalizar o desafio rss

Maria P. disse...

Agradeço o desafio das 12 palavras, ao contrário das correntes de Prémios, gosto destes jogos. Até já respondi:)

O teu texto, como sempre magnífico.

Beijinho*

Maria Laura disse...

Um texto lindíssimo com palavras de força. Palavras fundamentais.
Quanto ao desafio lá em baixo, agradeço-te e vou responder, claro, até porque a Gi também já me tinha desafiado. Obrigada por te lembrares.

gabriela r martins disse...

começo por onde devo começar
pelo teu texto que, obviamente, está aquela ternura a que nos habituaste

dizer que gosto é um lugar comum ,mas digo.o ,apesar de tudo

agora ,vamos a factos

teimosa, hein? :))))

mas ,minha querida ,a minha tomada de posição é irrevogável .peço desculpa ,mas nem por ti!!!!
vou ter de passar a palavra ... não ficas aborrecida comigo ,pois não?
vá!!!!

eu deixo um beijinho especial

[com ternura]

Ana Luar disse...

Por teus dedos tudo nasce perfeito... ADOREI o que fizeste com as palavras.

C Valente disse...

Vou aceitar o desafio. e amanh� o espero postar, n�o sei se ser� t�o bom como este pos aqui apresentado
sauda�es amigas

Rui Caetano disse...

Ideia original. Agora não tenho tempo, mas amanhã voltarei aqui para participar. Obrigado por teres te lembrado de mim.

un dress disse...

aguardo a visita das palavras...

guardo essas que dizes na ponta da língua, à beira da memória.

se me significarem...escrevê-las-ei: abertas e de mim.

se não, não importa porquer ficarão na mesma: gra va das :)




abraÇo.beijO...

muito grata a ti ~

rato do campo disse...

Amiga, fico-te muito grato pela lembrança, acredita, mas já me tinham passado este desafio, e eu já tinha respondido, está num post intitulado «12 substantivos». Perdoas-me que, por esta razão, decline? Mais uma vez obrigado, e beijinhos!

PortoCroft disse...

Mateso,

Missão cumprida. :)

As Sombras de Fim do Dia disse...

UI!!! Alguém me apanhou.. :)

Em 1ºlugar, o texto que li está... delicadamente ternurento, adorei, sério.

2º Muito obrigado por "me apanhares", mas não sei se estou à altura do desafio.

3º Vou aceitar tão gentil desafio e fazer o texto das 12...

As Sombras de Fim do Dia disse...

Já está feito :)

Andreia Ferreira disse...

Minha querida Mateso, obrigada por te lembrares de mim :) Prometo responder em breve e voltar cá com mais calma para ler o teu texto!!

Um beijinho grande!

as velas ardem ate ao fim disse...

Até que enfim um bom desafio!adorei.

bjinho

O Puma disse...

Belo exercício

bjs

Pedro Branco disse...

Que engraçado... Aqui há uns anos fiz um recital a partir de doze palavras... Não é porque à dúzia é mais barato, mas o facto é que este número parece ser estimulante!

C Valente disse...

O prometido é devido, já respondi ao desafio, espero que goste
Saudações amigas

C Valente disse...

Já respomndi ao desafio, espero que goste
Saudações amigas

un dress disse...

respondi mateso... de repente...








.abraÇo.beijO ~

pin gente disse...

bonito! talvez doze também seja um número de magia, como a tua história...

beijo
luísa

Gi disse...

Não me surpreendem as palavras escolhidas , aos poucos nas caixas de comentários, quando há transparência, as pessoas revelam-se. Tu és uma delas. A forma como deste corpo ao texto está uma ternura. Assim a modos que ... DOCE.

Gostei.

Eu continuo com o desafio pendurado , não consigo parar um bocadinho e pensar no que quer que seja para saír alguma coisa de jeito. vamos lá a ver se ainda consigo esta semana . Beijinhos

un dress disse...

reler

as tuas

...palavras...

Andreia Ferreira disse...

Tão bonito, tão doce! :)
Beijo

Eduardo Jai disse...

Gostei de ler.
:)

Um dia BOM.

C Valente disse...

No meu canto deixei um presente para quando quiser levantar
Saudações amigas

Andreia Ferreira disse...

Desafio finalmente respondido :)
Beijinho!

gasolina disse...

Lindo o que fizeste deste Desafio.

Palavras saborosas!

Beijinhos