Quem sou eu

Minha foto
Alguém que ama a vida e odeia as injustiças

02 junho, 2009

Memeando


Memeando


Foi Selma Barcellos do " tia Selma "que me deixou entrar na roda e brincar ao Meme. Memear quer dizer repetir algo, seguir um modelo.

Regras da brincadeira: escolher um(a) cantor(a) ou um grupo; para cada pergunta, dar como resposta um título ou um trecho de suas músicas; repassar para outros blogs.

Porém dado que o Meme já atravessou o Atlântico optei pelos poetas em vez de um cantor(es).

Escolham pois. Miguel Torga teve a primazia, porém outros se seguiram... Agora é a vossa vez.





És homem ou mulher?

És homem, não te esqueças! /Só é tua a loucura/ Onde,com lucidez, te reconheças...(Miguel Torga in Sísifo)

Descreve-te:
Quero ser um bom menino/ E guardar/Este segredo comigo E depois ter um amigo/ Que faça o pino/A voar...( Miguel Torga in Segredo)

O que as pessoas acham de ti:
Aberta a porta selada/Sou pensada já não penso/ Se a Musa fica calada/ Como dizer o silêncio?
Natália Correia in Como dizer o Silêncio

Como descreves teu último relacionamento?

Chamo-Te porque tudo está ainda no princípio /E suportar é o tempo mais comprido
(Sophia de Mello Breyner)

Descreve o momento atual de tua relação:

No mistério do sem-fim equilibra-se um planeta. E no planeta um jardim e no jardim um canteiro no canteiro uma violeta e sobre ela o dia inteiro entre o planeta e o sem-fim a asa de uma borboleta.

Cecília Meireles


Onde querias estar agora?

Mundo à nossa medida/Redondo como os olhos, E como eles, também, A receber de fora/ A luz e a sombra consoante a hora.
Miguel Torga in Cântico

O que pensas a respeito do amor?

Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Há sempre alguma loucura no amor. Mas há sempre um pouco de razão na loucura.

O que é a tua vida?

Vou fazendo horas - metade da vida é uma perdulária expectativa. E tonta. E ansiosa. E inútil. Como quem se sentou numa gare de caminho-de-ferro, à espera de um comboio que não se sabe quando passará e qual o seu destino. Certeza, e relativa, está apenas no local de espera. E às vezes na própria espera. Se chegamos a concretizar a viagem, o lugar aonde o comboio nos levou, desilude-nos. Isso, porém, não impede que tudo venha a repetir-se. Desperdiça-se o instante real e concreto, mas que, como areia, se nos escapa das mãos, em favor de uma ilusória vez seguinte.

Fernando Namora, in 'Jornal sem Data'


O que pedirias se pudesses ter só um desejo?

O que é bonito neste mundo, e anima, /É ver que na vindima/ De cada sonho/ Fica a cepa a sonhar outra aventura/ Que não se prova / Se transfigura/ Numa doçura / Muito mais pura/ E muito mais nova...

Miguel Torga in Confiança







.
.

14 comentários:

tiaselma.com disse...

Mateso querida, adoreeeei a idéia!

E o que é conhecer-te senão esbarrar em poesia?

Beijocas afetuosas.

PortoCroft disse...

Pronto, dona despassarada, memeei. :)))

Santino disse...

Excelentes os trechos poéticos escolhidos, especialmente o último.
É por essas e tantas que não deixo de passear por este diamante azul.

Abraços.

Luiz Barcellos

Ana Paula disse...

Obrigada, Mateso! Vou dar resposta à tua ideia. Vai ser um prazer descobrir as respostas!

Gostei muito das tuas escolhas e composição. Vou pensar como fazer, embora talvez só para a semana ponha em prática, já que terei mais um tempinho livre.

Fiquei feliz por me teres deixado esta ideia no ar. Sinceramente.

Um beijinho grande :)

claras manhãs disse...

Só hoje vi o teu comentário, só hoje tive tempo para abrir o pc.
Agradeço Mateso, adoraria fazer, mas a verdade é que não tenho tempo, porque tenho a minha mãe no hospital.

beijinho

Gasolina disse...

Obrigado.

Darei seguimento sim.
Com um sorriso por te lembrares.

Um beijo Querida Azul.

Teresa Queiroz disse...

gostei de ler

passarei por aqui

bj
teresa

Andrea disse...

Buonasera.
I hope you will enjoy your holidays in Roma.
This is a wonderful season for a visit.
Next time in Venezia?

Laura disse...

Belíssimo... ficamos a conhecer mais um bocadinho dos outros, não é?

Nilson Barcelli disse...

Querida amiga, as respostas poéticas que encontraste foram inteligentes. Gostei de seguir o teu raciocínio e gostei da tua criatividade, que conseguiste muito bem a partir da pergunta.
Bons feriados, beijo.

addiragram disse...

Obrigada por ter pensado em mim, mas sou demasiado "preguiçosa" e "rebelde" para conseguir concretizar essa proposta.Um beijinho!

~pi disse...

belo como bocadinhos de vida

( como soltas nuvens ~



beijo



~

as velas ardem ate ao fim disse...

Vou concerteza cumprir este desafio..é só voltar de ferias!Para a semana esta feito.

bjos

Miosotis disse...

... não está esquecido, 'aArtmus'... apenas ando 'silenciosa'!

Um beijo
Sensibilizada pela amizade!