Quem sou eu

Minha foto
Alguém que ama a vida e odeia as injustiças

09 setembro, 2008

Visto-me…





Visto-me de Setembro em cada ano. Visto-me da neblina encaracolada na luz do dia, e nos orvalhos da noite. Visto-me da liquidez do tempo e da convulsão das cores. Visto-me antes de o Inverno chegar...Sim visto-me frágil, trémula, nas manhãs sonoras de adeus, quando a alma, suspira no corpo descansado, de repoiso. Visto-me, não de casacos ou outras peças comezinhas, visto-me de vida, da que palpita lá fora, qual capa ondulando ao vento do desejo. Visto-me de ânsia, porque o meu corpo estremece. Nicho de cada estação, onde o cálice frutifica em ondas plangentes de sentir. Freme a pele, soluça o vento, sorri o tempo porque me Setembro.

Setembro-me, porque estou nua de tempo e cores. Quero para mim os rosas quentes, os dourados eternos, os térreos flamejantes e o verde que me adoça e beija os pés. Quero o azul por cabelo, já que as nuvens são os meus caracóis, soltos em tufos de algodão macio. Quero a brisa por carícia, afagando-me o pescoço em látegos de deleite incandescente. Quero rebolar na terra húmida, sentir o húmus, o cheiro, a voz, a essência do mundo. Quero beber na fonte o orvalho do dia e da noite, trincar os bagos dourados, deixar escorrer pelo corpo o líquido doce e morno, lambuzar-me de néctar, saciar-me de vida, calcar as cores e cobrir-me de grinaldas purpúreas de desejo e correr, correr pelas encostas engalanadas de cores, e quentes de luz. Quero colher o tempo, a luz, a vida em Setembro.

Respiro saciada. O vento partiu, a brisa beijou-me.

Balade Pour Adeline - Richard Clayderman


19 comentários:

Madalena disse...

Gente feliz sem lágrimas. :)

E o meu prazer de ler o aqui escrito. Obrigada. :)

Eduardo Jai disse...

Muito, muito bonito.

Desejo-te um feliz 'setembreamento' e... um dia BOM!
:)

claras manhãs disse...

Como entendo bem esse encanto de Setembro.
Gostei tanto da vida maravilhosa que se desprende, num ritmo arrepiantemente rápido e doce, de um tão fantástico Setembro mágico.
Gostei tanto do teu Setembro!
Que sejas coroada pelas suas cores, pela sua luz e pela sua quietude

beijinho grande, encantada

Laura disse...

gostei de me vestir com as tuas palavras... Setembro é o meu mês...

Shelyak disse...

Tudo perfeito! até o Sinatra ! :)
Beijito

Andrea disse...

Ok.
This time I've been able to understand many of your beautiful words.
And the picture:a wonderful choose for your lines.

Bye

Maria P. disse...

É um lindo vestido,e Setembro é lindo, lindo, como tudo o que tu escreves...

Bjo*

Gasolina disse...

Elegia.
Pura. Sem pieguice. Sã. Com sabor de maçãs de Outono.
Como um vestido que se costura em ti e que é feito da tua essência.

Como és bela.

Muito obrigado por este fim de dia que dá inicio ao que acorda.

Vénia, Senhora.

Um beijo

Andreia Ferreira disse...

quero o Outono, uma lareira quente num fim de dia orvalhado, as folhas no chão, o som que fazem ao serem pisadas. quero cachecois :)
beijinho.

gabriela rocha martins disse...

descreves de uma maneira assaz poética este adormecer de Verão e acordar de Outono

percepções e sensações únicas
que
compartilho


.
um beijo, miúda!

Rebirth disse...

Olá,

obrigado pelas palavras que me deixaste no outro dia. John Donne, sim, lembro-me de em tempos o ter citado no Blog de alguém, não me recordo se terá sido no teu... :o)

Bjs e até breve...

Each man's death diminishes me, for I am involved in mankind. Therefore, send not to know for whom the bell tolls, it tolls for thee.

C Valente disse...

Lindo
Saudações amigas

Twlwyth disse...

Também quero muitos dourados eternos como este belo texto que me aqueceu.

addiragram disse...

A vida é isso mesmo, recebermos dela o seu melhor e o teu texto quer reter o que de melhor ela tem! Um beijo.

pin gente disse...

setembra-te
pisa as folhas, corre... e deixa que a brisa te beije para que as tuas palavras continuem a saciar-me.

lindo!

Teresa Durães disse...

setembro e as suas cores

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá amiga, lindo poema, sobre Setembro e as suas cores... Lindas!
Adoro o mês de Maio e de Setembro...Parabéns, bom fim de semana, Beijinhos,
Fernandinha

Ana Paula disse...

As cores de Setembro são maravilhosas!

O mês onde a vida parece declinar, mas onde tudo recomeça...

Entendo a tua predilecção. Que te levou a escrever um texto muito bonito, e cheio de Setembro!

Bj

lecartedimauri disse...

ciao....beautiful atmosphfere...Mauri