Quem sou eu

Minha foto
Alguém que ama a vida e odeia as injustiças

29 setembro, 2008


" Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome."
(Perto do Coração Selvagem)

.Elgar Sonata for Violin and Pi - Maxim Vengerov

2 comentários:

~pi disse...

o que eu

desejamos é mais simples que a liberdade,



beijo

M. disse...

Querida Mateso...
O que eu tenho aqui para ler! Prometi a mim mesma que seria este fim de semana que te viria visitar sobretudo depois da tua visita ao Haart, acredita que fiquei felícissima por te ter visto lá, e aos outros meus favoritos do Citadel, tinha resolvido não fazer pub e deixar que me descobrissem ali aos poucos. Vês portanto a alegria que senti..? Muito Obrigada! Eu, sinto que devo explicações às pessoas que me liam no Citadel mas não quis despedidas, até porque quem sabe se um dia não voltarei a escrever por lá.Mas de momento,sinto-me preenchida ali, a abraçar a causa de uma equipa fantástica que é um verdadeiro exemplo e me fez sentir pequena. Também deve isto ter o nome de Liberdade.

Um abraço forte Mateso