Quem sou eu

Minha foto
Alguém que ama a vida e odeia as injustiças

10 outubro, 2007

Mikhail Baryshnikov Marianna Tcherkassky Les Sylphides Waltz

Pelo sonho é que vamos


Pelo sonho é que vamos,
comovidos e mudos.
Chegamos? Não chegamos?
Haja ou não haja frutos,
pelo sonho é que vamos.
Basta a fé no que temos.
Basta a esperança naquilo
que talvez não teremos.
Basta que a alma demos,
com a mesma alegria,
ao que desconhecemos
e ao que é do dia a dia.
Chegamos? Não chegamos?
- Partimos. Vamos. Somos.

(Sebastião da Gama)


10 comentários:

Vladimir disse...

Há que voar nas asas do sonho...

gabriela r martins disse...

retribuo com a força e a esperança que deixaste no canto.chão

.

apesar do meu cepticismo ,aprecio ,sinceramente ,este olhar da serra sobre o mar de Sebastião da Gama ( ou de quem o escolheu e publicou )

.

um beijo ,miúda!

Gi disse...

Tenho-lhe um carinho especial. Este SOMOS numa altura em que tantos se preocupam com o TEMOS, diz muito. Que prossiga o sonho se bem que , com muita pena minha, já não seja tão ingénua ...

Um beijo grandalhão.

Mar Arável disse...

É verdade

pelo sonho é que vamos

Quando perdermos a capacidade de sonhar

perdemos o sentido.

as velas ardem ate ao fim disse...

Divino!

un dress disse...

.vamos


que a ir se traçam mapas


............................



beijO

Mateso disse...

Vladimir.
Sempre... só assim há sentido...
Obrigada pelo olhar neste cantinho.
Um beijo


Gabriela martins.
Há te ter sempre um sonho... sempre, mesmo que doa.

Um beijinho.

Mateso disse...

Gi. Comprendo perfeitamente o TEMOS faz parte do actual o SOMOS do passado. Daí o conflicto... mas o tempo... ensina sempre. Tenhamos o nosso sonho e o amanã virá , melhor.


Jinho

Mateso disse...

Mar Arável Dão tuas as palavras que faço minhas.
Bj.

As velas ardem até ao fim
Obrigada.
Bjs.

Mateso disse...

un-dress.
Mapas idos
em
traços

esparsos de desejo.
Bjinho