Quem sou eu

Minha foto
Alguém que ama a vida e odeia as injustiças

05 maio, 2014









Porque hoje é dia da Mãe pego num punhado de pequenas palavras redondas cortadas em ramos de Ser e  delicadamente afago-as no olhar de minha mãe.É e será fábula de vida  sentida em gestos imaginados de um coração por abrir.Minha mãe cálice da minha essência, tela da minha carne  croquis da minha vida. A ti, porque és Mulher e Mãe um simples Obrigada, neste dia que é teu ,meu e nosso .


2 comentários:

Mar Arável disse...

No espelho das águas

tudo é mais claro

Vieira Calado disse...

Bela flor para a adorada mãe!
Beijinhos