Quem sou eu

Minha foto
Alguém que ama a vida e odeia as injustiças

08 novembro, 2011

http://2.bp.blogspot.com/-HBtDTiHyYcs/Trlxvq2UnWI/AAAAAAAAEQU/Uy9WgLxGhXk/s1600/473723_53.jpg


"Do rio que tudo arrasta, diz-se que é violento. Mas ninguém chama violentas às margens que o comprimem."


..

3 comentários:

Mar Arável disse...

Boa memória

muito actual

tiaselma.com disse...

Mateso Azul, este pensamento de Brecht está em minha cabeceira. Adoro.

Beijocas.

Teresa Durães disse...

Gostei bastante!

Tenho um convite no meu blog!