Quem sou eu

Minha foto
Alguém que ama a vida e odeia as injustiças

12 junho, 2008

[191509_83.jpg]

Do vale à montanha,
Da montanha ao monte,
Cavalo de sombra,
Cavaleiro monge,
Por casas, por prados,
Por quinta e por fonte,
Caminhais aliados.

Do vale à montanha,
Da montanha ao monte,
Cavalo de sombra,
Cavaleiro monge,
Por penhascos pretos,
Atrás e defronte,
Caminhais secretos.

Do vale à montanha,
Da montanha ao monte,
Cavalo de sombra,
Cavaleiro monge,
Por plainos desertos
Sem ter horizontes,
Caminhais libertos.

Do vale à montanha,
Da montanha ao monte,
Cavalo de sombra,
Cavaleiro monge,
Por ínvios caminhos,
Por rios sem ponte,
Caminhais sozinhos.

Do vale à montanha,
Da montanha ao monte,
Cavalo de sombra,
Cavaleiro monge,
Por quanto é sem fim,
Sem ninguém que o conte,
Caminhais em mim..
.
Fernando Pessoa
.
(Cancioneiro 1932)



.Rachmaninoff - Piano Concerto No. 1 - II. Andante - Byron Janis
Posted by Picasa

2 comentários:

Nilson Barcelli disse...

O poema, é de Fernando Pessoa e está tudo dito.
Gostei de o ler, não conhecia.

Também gostei da foto e da música que colocaste.

Bfs, beijinhos.

Miosotis disse...

As palavras/poema são sempre profundamente lindas! É Pessoa!

A fotografia deixou-me contemplativa... que olhar doce! Apesar de tudo...

Um beijo amistoso