Quem sou eu

Minha foto
Alguém que ama a vida e odeia as injustiças

20 setembro, 2007




Posted by Picasa

20 comentários:

Letras de Babel disse...

o que designa o termo "imprescindível"?
num segundo dás um salto e salvas uma vida; foste imprescindível para alguém, nalgum momento da tua vida. e pode ter sido apenas a resposta a um impulso e nem teres sido, até aí, lá grande coisa.
e podes passar a vida a lutar, em prol de ti ou dos outros, sem ninguém saber sequer de ti.
e há o dares-te à luta e ela cansar-se de ti.
e por aí adiante...

"ah, Mateso, a vida é um belo bico d´obra."
(Nan)

:)

beijos

CNS disse...

Imprescindíveis a eles mesmos. Porque se torna imprescindivel para eles a luta que os torna melhores. Uma gota a gota que os inunda ao longo da vida.

p.s . Não conhecia esta frase. Achei-a brilhante. Já ganhei o dia. Mais uma gota...talvez...

um beijo

vida de vidro disse...

São esses os homens e mulheres que constroem a mudança.
Belíssima unidade de texto e imagem. **

C Valente disse...

Espectacular foto
sauda�es amigas

carteiro disse...

É lindo onde o sítio onde o toque destas palavras nos leva. A vida dos tons verdes por entre os cinzentos que nem sempre são sombras :)

Plum disse...

Imprescindíveis e inspiradores!
Abraços!***

un dress disse...

tão...

e no entanto...





beijO

Gi disse...

Bertold Brecht tinha uma forma muito especial de fazer crítica social e não só. Cada um interpreta as palavras à sua maneira, encaixa-as como lhe convém, como as sente e eu não fujo à regra. De uma forma muito simplesta podemos dizer que a vida é uma luta constante e, cada um de nós, à sua maneira, é um herói.

Esta frase tem, naturalmente um sentido muito mais lato do que um simples olhar para o umbigo por isso o alargo ao mundo, dizendo que cada país teve os seus bravos, os seus resistentes. Esses sim os verdadeiramente impresindíveis que lutavam não por eles , mas por ideais.

São as muletas dos povos. São sempre precisos. Nós somos os fracos e desses não reza a história.

beijos

Arion disse...

Inquestionável! Beijinho!

Calimera disse...

Sim é preciso que lutar toda a vida
Beijinho

gabriela r martins disse...

fazia.me falta este momento de pausa ... de chegada ao teu blogue

.

então ,paro ...ou vou de surpresa em surpresa ,devagar ,muito de mansinho ,para não acordar o sonho

.

e saio

.

no mesmo compasso

.

mas deixo um beijo

Mateso disse...

Letras de babel.
Pois é.. lá isso é.. mas bicos por bicos, Nan, eu prefiro o dos patos, são menos acutilantes, e depois as obras há tantas e tão lindas. Existir ,já é uma maravilha ( e também um direito!), que me pasma diariamente em mim mesma. Obviamente , sei que a dita cuja senhora é muito caprichosa, irreverente e por vezes mázinha. É um facto. mas o que fazer? Lutar e lutar. Vencer e vencer. Ser imprescindível.. é fogo fátuo, diria o nosso Luís Vaz, mas ser gente ,e faze-lo sentir a todos é uma forma mais do que superior de
luta e de garra. Nem sempre se acolhem os lutadores ,se bem que se o faz,aos vencedores. Porém , o tempo sabiamente acaba por mostrar a importancia e a relevância de uns e outros.
Por isto e muito mais, querida Nan
não importa ser "aquele", importa sim, ser "Pessoa".
E tu és muito pessoa!
um beijo.

Mateso disse...

CNS.
Gota a gota.. ora enganei-me, grão a grão.. enche....Não é o caso mas ... talvez a alma, não?
Beijoca

Vida de Vidro.
Obrigada pelas tuas palavras.
Beijo.

Mateso disse...

C Valente.
Grata pela visita .
Beijo


Carteiro.
Que palavras doces. Obrigada.
Beijo


Plum.
Concordo plenamente
Um beijinho.

Mateso disse...

Un dress.
Todavia

Contudo

Obrigada.
Beijo

Mateso disse...

Gi.
Em frente e não esqueçam / Onde está a nossa força! /Na fome e na fartura /Em frente e não esqueçam /A Solidariedade".(letra da música)

Quem deve mudar o mundo?" pergunta um senhor abastado. "Aqueles, a quem ele não agrada", responde uma trabalhadora.(in Barriga Vazia)
Creio ambas serem emblemáticas de Brecht e do seu pensamento.
O herói e anti-herói marcham lado a lado na poeira da luta que é a Frau Leben!
E já que estou numa de alemão
Küsse

Mateso disse...

Arion
Undoubtedly!!!
Hugs

Mateso disse...

Calimera.
E de que maneira, minha querida ...
Obrigada
Beijo.

Mateso disse...

Gabriela Martins.
Obrigada pela mansidão e sobretudo pelo compasso.
Beijo

Letras de Babel disse...

claro, Mateso...

...mas era um comentário à frase do Bretcht. e parece-me que ele faz ali uma distinçãozinha qualquer...


mais um beijo

_____________.