Quem sou eu

Minha foto
Alguém que ama a vida e odeia as injustiças

19 agosto, 2007

[trevo.gif]

Four-leaf Clover Poem


I know a place where the sun is like gold,
And the cherry blooms burst with snow,
And down underneath is the loveliest nook,
Where the four-leaf clovers grow.

One leaf is for HOPE, and one is for FAITH,
And one is for LOVE, you know,
And GOD put another in for LUCK --
If you search, you will find where they grow.

But you must have HOPE, and you must have FAITH,
You must LOVE and be strong -- and so --
If you work, if you wait, you will find the place
Where the four-leaf clovers grow.

.by E. Higginson


Agradeço a Carissima de Momentos a atribuição do trevo talvez um prelúdio de Sorte que todos afinal precisamos.

13 comentários:

vida de vidro disse...

Que te dê sorte! Boa semana. **

Anônimo disse...

obrigada....:))))

conheço...mas escolhi a mais "arejada"....


beijo.


é bom a sintonia.


_______________/piano.

Vertigo disse...

Que poema lindo! bem vinda dessas férias,um beijo :)*

mcorreia disse...

obrigada pelas palavras 8estas e as outras9 um feliz regresso
Paz

Teresa Duraes disse...

olá

também odeio injustiças e amo a arte. é um problema, sabias? deves saber. Adorei a comparação do caracol. Talvez fosse a imagem que me faltava. Vou matutar no assunto. Tenho 37 anos, com 4 foi a revolução. Sabia lá o que era isso. Mais velha ninguém falava do assunto. Os mais novos falam como se tratasse dos descobrimentos (os meus filhos).

Talvez por isso me ponho a divagar. Sei que quem é da geração anterior pensa que as minhas palavras são injustiças. São apenas interrogações. Era bom se tivéssemos a solução no bolso.

boa tarde

Camarada Choco disse...

Divulgação

Mais um Blog que se tornou um Livro!

Filme da apresentação disponível no YouTube em “Camarada Choco”

www.camaradachoco.blogspot.com

Mateso disse...

Vidra de Vidro,
Grata pelos votos.
Um beijo


Anónimo,
simpatia, reprocidade? folgo nisso.
Obrigada pela visita
Um beijo.

Mateso disse...

Vertigo,
Feliz por gostares.
Um beijo

mcorreia,
Não tem de quê... e obrigada pela visita ao canto do meu azul.
Bj.

Mateso disse...

Teresa Durães,
Folgo que tenhas gostado.
A injustiça é consequência directa de caracteres permissivos ou fracos que se deixam manipular. Tudo isto reside como alguém dizia:" A inveja em Portugal é uma endemia..." e posto isto, o género português que nem sempre lusitano almeja pelo óptimo sem sequer ter passado pelo sufucuente. Mas são divagações...
Uma beijoca

Mateso disse...

digo : suficiente

Mateso disse...

camarada choco. Que bom!?

gabriela r martins disse...

um trevo de quatro folhas ,logo no regresso de férias ... é augúrio dos deuses que assim escolhem as suas vestais ...

.
.

um beijo

gasolina disse...

Que toda a sorte te enfeite!

Beijinho