Quem sou eu

Minha foto
Alguém que ama a vida e odeia as injustiças

15 junho, 2007



A Máscara

Cheguei…e não sei se sou…

Máscara constante de gente perdida,

Forma esguia de vontade arrancada

À vida,

Cheguei, assim despida de sentido,

Ausente de matéria .

Presente em labirinto de luz,

Em riso de cor.

Cheguei por entre um frémito,

Um adejar de vento e sombra.

Não sei onde estou e se sou…

Apenas Eu….



6 comentários:

un dress disse...

...apenas eu ...

que não sei se há luz na minha sombra ...

Mateso disse...

obrigada, Un-dress,
Apenas eu...
Em sombra opaca, qual réstia de luz...em forma difusa.
Bjs.

Letras de Babel disse...

a desfragmentação do ser...

cm disse...

...interrogar é o caminho de quem "eu" se faz mar...

Abssinto disse...

Sabemos pouco de nós mesmos muito antes do Sr. Alzheimer chegar com as malas.

Mateso disse...

Mas esse "senhor", tem mesmo que estragar tudo....?